Dúvidas frequentes

Confira

Dúvidas frequentes

Quem pode ser terapeuta homeopata?

Todo brasileiro (a) está autorizado a estudar, pesquisar, divulgar e praticar a Ciência Homeopática, no país. A homeopatia é uma ciência universal que possui leis, teorias, métodos, técnicas, princípios e experimentação próprios. A atuação do terapeuta homeopata, é ancorada pela portaria 397 de 09/10/2002 – Classificação Brasileira de Ocupações (C.B.O) – Cod. 3221-25 do Ministério de Trabalho. Conforme a Constituição Federal Brasileira – “o que não é proibido é livre” – portanto, a pessoa tendo o conhecimento da Ciência da Homeopatia, se capacita para tornar-se um Terapeuta Homeopata, baseado no C.B.O do Ministério do Trabalho.
Os poderes Executivo e Judiciário do Brasil, reconheceram que a Homeopatia é uma atividade livre no País. Dessa forma, a pessoa tendo o conhecimento repassado por uma Instituição de ensino, adquire o respaldo científico, técnico e moral – após desenvolver habilidades e se capacitar para exercer a ocupação de Terapeuta Homeopata. O Curso de Homeopatia e Terapias Naturais baseia-se em uma metodologia informativa e prática, contendo informações e conhecimentos básicos sobre a Homeopatia no Brasil e no Mundo. Após a conclusão do curso, o aluno poderá se inscrever em entidade Associativa de terapias naturais para comprovar sua formação como Terapeuta e se enquadrar na classificação das atividades reconhecidas e de acordo com as normas do Ministério do Trabalho e Emprego registradas no C.B.O.
A terapia homeopática tornou-se livre no Brasil, após uma atuação da Universidade Federal de Viçosa, ATENEMG e CONAHOM, as conseguiram demonstrar para as autoridades da República que a Ciência da Homeopatia é uma atividade livre e não exclusiva de uma classe de profissionais, pois a homeopatia não invade o campo da medicina alopática: trabalha apenas com energia e não substâncias químicas materiais. Desta forma, todo brasileiro tem o direito de Estudar, divulgar e aplicar os princípios, leis e teorias da homeopatia.

Todos os medicamentos homeopáticos são feitos de plantas?

O tratamento realizado com remédios feitos de plantas medicinais chama-se fitoterapia. O medicamento homeopático precisa ser diluído diversas vezes e passar por um processo de sucção (agitação contínua e específica) para ser considerado homeopático.  Os medicamentos homeopáticos veem de diversas fontes naturais, são compostos extraídos de substâncias minerais (magnésio, ferro, prata, etc.), vegetais (raízes, caules, folhas, flores e frutos diversos) e animais (abelha, ostras, etc). Todavia são preparados de forma que sejam desprovidos de todos, a toxicidade química das substâncias. Por exemplo, alguns medicamentos são altamente tóxicos como o medicamento Lachesis trigonocephalus é extraído do veneno da cobra; o Arsenicum Album derivado do elemento metálico arsêncico – conhecido como o mais famoso dos venenos-; o Sulphur – elemento químico essencial, comumente encontrado em regiões vulcânicas – popularmente conhecido como Enxofre, dentre outros medicamentos. Portanto, essas substâncias tóxicas precisam ser diluídas diversas vezes, para extrair toda a toxicidade do medicamento e neste ficar somente a informação energética da substância.
Segundo Paracelso: “veneno está em tudo, e nada é sem veneno. A dose faz o veneno ou um remédio. Também Shakespeare observou: “dentro da casca inocente desta pequena flor, reside o veneno e o poder medicinal”

Como atua o medicamento homeopático?

Os medicamentos homeopáticos devidamente preparados, selecionados e administrados “ressoam” de alguma forma com a força vital estimulando o processo de cura. A seleção do medicamento é realizada encaixando o quadro da pessoa adoecida com o quadro do medicamento. A ação do medicamento homeopático é a de restabelecer a energia perdida pela pessoa doente. A saúde depende justamente do equilíbrio dessa energia que dá o vigor físico, mental e emocional. Em harmonia, o organismo tem todos os recursos de que precisa para enfrentar as doenças e se manter saudável. Assim, o medicamento homeopático age recompondo a força energética do paciente estimulando, o próprio organismo a reagir.

Pergunta 004

resposta para a pergunta 004… resposta para a pergunta 004…  resposta para a pergunta 004…  resposta para a pergunta 004…  resposta para a pergunta 004… resposta para a pergunta 004…

Conheça agora mesmo os cursos oferecidos pelo Instituto Flávia Barits

Cursos oferecidos